Como instalar Telhas de Concreto Tégula

Blog



Instruções básicas de instalação para Telhas de Concreto Tégula – aprenda a instalar os modelos Tradição, Double S, Plana e Coppo de Grécia

Uma das inúmeras vantagens das Telhas de Concreto Tégula é a praticidade na instalação. Seu encaixe perfeito e fácil permite que a montagem seja feita rapidamente – mais tempo para você se dedicar ao resto da casa. Vamos conhecer alguns passos importantes da instalação das telhas?

Guia de instalação para Telhas de Concreto Tégula

Armazenamento

Após escolher e adquirir Telhas de Concreto Tégula, o primeiro passo para garantir uma instalação adequada é preparar um lugar na obra para armazenar as telhas até sua utilização. Para isso, a área deve ser plana, nivelada e preparada com uma camada de areia, para que as telhas estocadas não sujem em contato com a terra ou barro.

O empilhamento deve ser feito de acordo com a foto, com altura máxima de 3 unidades. A parte superior das telhas (onde existe o pré-furo) deve ficar voltada para baixo.

Empilhamento telhas Tégula

Montagem

Peso e medidas

O peso por m² das Telhas de Concreto Tégula é inferior à maioria das telhas residenciais. Confira:

PerfilPeso seco (kg/m²)Peso molhado (kg/m²)
Tradição48,053,0
Double S47,052,0
Coppo de Grécia51,056,0
Plana53,0 58,0

Para efeito de cálculo, considere os dimensionamentos das Telhas de Concreto Tégula:

  • Largura útil: 30 cm
  • Comprimento útil: 32 cm
  • Quantidade por m²: 10,4 peças

Sugestão de madeiramento

Importante: O dimensionamento da estrutura deve ser feito por um profissional qualificado.
Agora, vamos ao madeiramento do telhado Tégula. Para isso, sugerimos as seguintes medidas de bitolas e espaçamentos:

  • Ripas (ou sarrafos) – 5 cm x 2 cm, com Galga máxima de 32 cm;
  • Caibros – 5 cm x 6 cm, com espaçamento de 50 a 60 cm;
  • Terças – espaçamento máximo de 1,50 m (sua bitola varia em função do espaçamento das tesouras).

As tesouras, pontaletes e outros elementos estruturais deverão ser dimensionados por um profissional habilitado.

Galga Inicial

Para que todas as telhas tenham a mesma inclinação, a primeira Ripa ou Testeira (1) precisa ser sempre 2 cm mais alta que as demais Ripas. Somente a Galga Inicial mede 29 cm, da face superior da segunda Ripa (2) até a face inferior da Testeira (1).

Ripa de Cumeeira

De modo a proporcionar um recobrimento adequado da linha de Cumeeira, a distância entre a Ripa da Cumeeira (3) e o eixo deve ser de 2 cm, vide imagem abaixo.

Ripa da cumeeira. Desenho esquematizado. 2cm de eixo.

Galga

É a distância máxima entre as faces superiores de 2 sarrafos. Para as Telhas de Concreto Tégula, a Galga vai até 32 cm (que é o comprimento útil da telha, portanto nunca utilize uma distância maior).
Considere, para o recobrimento entre as telhas, o mínimo de 10 cm.

Galga. Recobrimento mínimo entre telhas de 10 cm.

Cálculo da Galga Intermediária

Simplifique o trabalho e evite o corte de telhas!

Calcule a distância exata da Galga, para que não seja necessário cortar as telhas na Cumeeira ou Platibanda – essa é uma vantagem especial das Telhas de Concreto Tégula.

Para isso, divida a distância (X) – entre a segunda Ripa (2) e a Ripa de Cumeeira (3) – pela Galga máxima de 32 cm (arredonde o resultado para o número inteiro acima do valor obtido). O resultado desta divisão será o número (N) de telhas na faixa entre (2) e (3). Para saber a Galga exata, divida a distância entre (2) e (3) por (N). O resultado será uma Galga sempre inferior a 32 cm e que evitará o corte de telhas.

Corte de telhas. 29 cm.

Sobreposição de telhas

Lateral

As Telhas de Concreto Tégula possuem um encaixe perfeito. Assim, a sobreposição lateral é sempre fixa, acompanhando o encaixe normal da telha. Monte o telhado começando do lado direito para o lado esquerdo do pano e de baixo para cima, com as telhas sempre alinhadas na horizontal e na vertical.

Detalhe do encaixe. Telhas Tégula.

Observação: Para inclinações entre 50 e 100%, a Telha Plana deve ter seus frisos intercalados durante a montagem, conforme indicado na imagem. Acima desta inclinação, os frisos podem ficar alinhados.

Telha plana com frisos intercalados

Longitudinal

Conforme mencionamos, a sobreposição longitudinal (telha sobre telha) é de, no mínimo, 10 cm, já considerados no cálculo de consumo de 10,4 telhas por m². A fim de evitar cortes de telhas na linha de Cumeeiras e Platibandas, pode-se aumentar a margem de sobreposição.

Atenção: Nunca utilize sobreposição menor que 10 cm.

Telha Tégula. Sobreposição de 10cm longitudinal mínima.

Cumeeiras

A sobreposição das Cumeeiras é de 7 cm. No emboçamento, é muito importante que a argamassa utilizada fique protegida pela Cumeeira. Isso significa que a massa não deve ficar exposta às intempéries. Para melhorar este acabamento, você pode adicionar o pigmento para argamassa, disponível nas cores das telhas.

Atente-se, também, ao sentido de predominância dos ventos, para o posicionamento adequado das cumeeiras, bem como aos limites de colocação da argamassa, de acordo com as imagens.

Desenho de Telha Tégula. Cordão de argamassa. Proteção de cumeeira.

Argamassa de emboço.

Cumeeira Plana

Ao utilizar os perfis Plana ou Duo Plana, deve-se ser utilizada a Cumeeira Plana. Diferentemente da comum, utilizada nos demais perfis, esta não deve ser instalada com sobreposição (uma sobre a outra).
Para garantir um melhor resultado, utilize a manta de impermeabilização Top Plana, que confere um assentamento adequado.

Manta de impermeabilização Top Plana. Junta seca rejuntada com adesivo de poliuretano. Veda Rufos e Calhas Tégula.

Após aplicação da manta de impermeabilização, as peças de Cumeeira poderão ser fixadas com uma pequena quantidade de argamassa, massa plástica ou Veda Rufos e Calhas Tégula.

A manta de impermeabilização Top Plana também é necessária para os espigões; porém, a peça de Cumeeira poderá ser instalada de topo “junta seca”. Neste caso, você precisará rejuntar a superfície de contato entre as peças de Cumeeira e as telhas, ou então montá-las com sobreposição. Para esta situação, os panos terão que estar modulados com a mesma Galga, ou seja, deverão ser simétricos.

Funcionamento da manta de impermeabilização Top Plana

Espigão de telha plana

Observe as imagens para a correta instalação do espigão para perfil Plana das Telhas de Concreto Tégula.

Com sobreposição:

Com assentamento de topo “junta seca”:

Junta Seca

Água Furtada ou Rincão

Maior resistência contra intempéries:

Cole as telhas recortadas da Água Furtada nas telhas inteiras que estão ao seu lado (use massa plástica ou Veda Rufos e Calhas Tégula). Isso evitará que elas se soltem durante as chuvas.

Acabamento lateral

Telha Terminal Esquerda

É usada para fazer o acabamento no lado esquerdo do telhado. Não é uma peça obrigatória, porém, o seu uso em um telhado de 2 águas obriga o alinhamento dos canais e cristas das telhas nos panos adjacentes dos telhados. Para o uso da opção com a Telha Terminal, é interessante observar os múltiplos da telha, pois não tem sentido usar o terminal e cortá-lo.

Larguras úteis da Telha Terminal Esquerda:

  • Double S: 16,5 cm
  • Tradição: 23 cm
  • Coppo de Grécia: 20 cm

Telha Terminal Direita

Utilizada no acabamento do lado direito de uma cobertura, esta peça está disponível para todos os perfis e é utilizada em conjunto com a Telha Terminal Esquerda.
Larguras úteis da Telha Terminal Direita:

  • Double S: 15,5 cm
  • Tradição: 15,5 cm
  • Coppo de Grécia: 18,5 cm

Observe o esquema de montagem:

Esquema de montagem de Telhas Tégula

Telha Plana

Para um melhor efeito estético no uso da Telha Plana, recomendamos observar os múltiplos da telha (30 cm) da fiada, de modo a evitar o corte. Caso este seja inevitável, corte igualmente nos dois lados do telhado.

Capa Lateral

Se o telhado finalizar em um muro, utilize este complemento para fazer seu acabamento, tanto no lado direito como no esquerdo. Para isso, coloque a Capa Lateral sobre a telha e a Testeira (ou Tabeira) furando a capa lateral e parafusando-a/pregando-a à Testeira. Se for o caso, também é possível utilizar Rufos.

Capas laterais. Telhas Tégula. Ripa, Rufo, Contra-Rufo e Tabeira.

Corte de produtos

Caso seja necessário cortar os produtos Tégula, você pode utilizar uma máquina de corte com disco para concreto de nove polegadas ou disco diamantado. Para maior segurança, faça os cortes no chão; assim você também evita a sedimentação do pó proveniente do corte nas telhas já colocadas, o que pode manchá-las. Não se esqueça de limpar as telhas cortadas antes de colocá-las no telhado.
É imprescindível o uso de máscara protetora contra pó, óculos de segurança e luvas durante o trabalho de corte de telhas.

Normas para Projeto – inclinações

A inclinação mínima de cada pano do telhado é de 30% para os perfis Tradição, Double S e Coppo de Grécia e 50% para a telha Plana.

Em regiões de topo de morro, próximas ao mar ou quaisquer regiões sujeitas a ventos, utilize uma inclinação 5% superior à mínima (ou seja, 35% para Tradição, Double S, Coppo de Grécia e 55% para Plana).
A inclinação máxima das telhas, sem necessidade de amarração, é de 96% (perfis Tradição, Double S e Coppo de Grécia) e 130% (Plana).

Acima desta medida, amarre as telhas com fio de cobre ou arame de aço galvanizado n°18. Fure com broca de vídea o pré-furo da telha.

Confira as tabelas de inclinação:

Inclinação do telhado

InclinaçãoPanos até (m)Sobreposição (cm)Comprimento Galga útil (cm)
%Graus
Acima dos 96% é necessário amarrar
5026141032
422211
382010
36199
32178
30167
0 a 29%: faixa de inclinação não recomendada

Inclinação para Telha Plana

Com Foil
InclinaçãoPanos até (m)
%Graus
3519°17’8
3720°17’9
3921°17’10
4122°17’11
4323°17’12
4524°17’13
4725°17’14

 

Sem Foil
InclinaçãoPanos até (m)
%Graus
5026°34’8
5227°34’9
5428°34’10
5729°34’11
5930°34’12
6131°34’13
6432°34’14

Atenção: Embora Telhas de Concreto Tégula sejam extraordinariamente resistentes à ação dos ventos, no caso de regiões montanhosas, próximas ao mar ou sujeitas a ventos, recomenda-se a fixação das telhas do beiral que não forem protegidas por algum tipo de forro. Para isso, utilize arame n° 18, parafuso ou prego.

Telhados flexionados

Este tipo de telhado exige um cuidado especial. A inclinação no primeiro metro do telhado deve sempre atender à especificação mínima de cada tipo de telha e do comprimento do pano.
A partir do primeiro metro, o aumento de inclinação varia em função do projeto, lembrando que a partir de 96%, é necessária a amarração das telhas.

Cores

Em razão de serem fabricadas com produtos in natura, as telhas e peças complementares podem sofrer alterações em suas cores. Isso acontece devido às variações naturais da coloração dos agregados ou do cimento e devido às influências naturais do tempo, poluição etc.

O aparecimento de eflorescência é um fenômeno normal e temporário, considerado em norma, e isso não muda as demais exigências quanto à qualidade do produto.

Observação: a pintura das telhas ou uso de impermeabilizante aplicado pelo usuário implica em perda de garantia do produto.

Manutenção

As telhas Tégula são suficientemente resistentes, mesmo quando molhadas, para que se caminhe sobre elas durante a lavagem. Porém, é necessário lembrar que, estando molhadas, as telhas tornam-se escorregadias.

Para manter as telhas com aparência de limpas por mais tempo, elas podem ser lavadas com um pressurizador de água, sem adição de produtos químicos. Qualquer produto químico (ácido) que venha a ser usado poderá manchar as telhas. Caso seja extremamente necessário o uso de tais produtos, deve-se fazer um teste isolado em uma telha fora do telhado para que o resultado seja avaliado.

Instalação de Telhas de Concreto Tégula

Agora que você já sabe tudo sobre instalação de Telhas de Concreto Tégula, lembre-se que os cálculos devem ser realizados por um profissional habilitado. Utilize mão de obra qualificada para garantir máxima segurança para a cobertura da sua obra.

Para concretizar o telhado perfeito para a casa dos seus sonhos, utilize telhas, acessórios e complementos Tégula.

Mais que um telhado. É Tégula.





Seja Tettoprime